sábado, 16 de maio de 2009

A Ponte


Lenine e Lula Queiroga



Como é que faz pra lavar a roupa?
Vai na fonte, vai na fonte
Como é que faz pra raiar o dia?
No horizonte, no horizonte
Este lugar é uma maravilha
Mas como é que faz pra sair da ilha?
Pela ponte, pela ponte

A ponte não é de concreto, não é de ferro
Não é de cimento
A ponte é até onde vai o meu pensamento
A ponte não é para ir nem pra voltar
A ponte é somente pra atravessar
Caminhar sobre as águas desse momento

A ponte nem tem que sair do lugar
Aponte pra onde quiser
A ponte é o abraço do braço do mar
Com a mão da maré
A ponte não é para ir nem pra voltar
A ponte é somente pra atravessar
Caminhar sobre as águas desse momento

Nagô, nagô, na Golden Gate
Entreguei-te
Meu peito jorrando meu leite
Atrás do retrato-postal fiz um bilhete
No primeiro avião mandei-te
Coração dilacerado
De lá pra cá sem pernoite
De passaporte rasgado
Sem ter nada que me ajeite

Nagô, nagê, na Golden Gate
Coqueiros varam varandas no Empire State
Aceite
Minha canção hemisférica
A minha voz na voz da América
Cantei-te, ah
Amei-te
Cantei-te, ah
Amei-te

2 Comentários:

Alice disse...

Eu Adoro vc !!!!

bete disse...

Gentes. Que coisa bonita.

Essa Gonden Gate aí tem hora que tipo chama a gente, olha, cara...já cheguei na beiradinha dela viu...

Brigada MaMa, tu é dez maninha.

Postar um comentário

Comentários Recentes

Postagens Recentes


Blogging Blogs - Blog Catalog Blog Directory   Subscreva-se em Bloglines   Add to Technorati Favorites   Add to Google Reader or Homepage   Adicionar aos Favoritos BlogBlogs   Join My Community at MyBloglog!   Pingar o BlogBlogs   Divulgue seu blog!   DigNow.net  

     **MamaNunes Templates** >     **Politica de Privacidade**

Voltar ao TOPO