sábado, 4 de agosto de 2007

Dedução

DEDUÇÃO
Não acabarão nunca com o amor,
nem as rusgas, nem a distância.
Está provado,
pensado,
verificado.
Aqui levanto solene minha estrofe de mil dedos
e faço o juramento:
Amo firme, fiel e verdadeiramente.
*visite o site*

Hoje descobri este site que traz a história e um pouco da obra desse homem , sensível e comovente. Vale a pena gastar um tempo conhecendo melhor essa figura.

Mais um pedacinho:

Comigo a anatomia ficou louca.

Sou todo coração -

em todas as partes palpita.



Do poema: Adultos

2 Comentários:

R Lima disse...

O Amor é inteiro.. e nada o quebrará.

O AveSSo agradece pela visita.. sua ausência já faz dele menos iluminado.



[ http://oavessodavida.blogspot.com/ ]

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Johnnatan disse...

Esse último poema é lindo!


Linkei você!

Postar um comentário

Comentários Recentes

Postagens Recentes


Blogging Blogs - Blog Catalog Blog Directory   Subscreva-se em Bloglines   Add to Technorati Favorites   Add to Google Reader or Homepage   Adicionar aos Favoritos BlogBlogs   Join My Community at MyBloglog!   Pingar o BlogBlogs   Divulgue seu blog!   DigNow.net  

     **MamaNunes Templates** >     **Politica de Privacidade**

Voltar ao TOPO